Geral

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

VILHENA: DESCASO: Mulher dá à luz no chão do Hospital Regional

COMPARTILHE

 

 

A dona de casa Ivonete Machado denunciou o descaso ocorrido com sua sobrinha Janete Machado Lopes, 31, que deu a luz no chão do Hospital Regional de Vilhena após ter sido atendida por um médico e uma enfermeira, que afirmaram que a mesma ainda não estava com dilatação suficiente. O fato ocorreu na ultima quinta-feira (21).

 

 

 

A paciente teve sua bolsa gestacional rompida durante a madrugada, quando ainda se encntrava em sua cidade, Colorado do Oeste. De imediato, ela foi levada ao Hospital Regional, e já chegou na unidade sentindo fortes dores, porém, após ser examinada pelo médico Luiz Diniz e pela enfermeira Maria das Dores, mais conhecida como “Dorinha”, foi encaminhada para um leito normal.

 

 

 

No entanto, as dores se agravaram e a paciente foi levada para o centro cirúrgico, onde mais uma vez foi examinada e informada de que seu parto só aconteceria durante a noite.

 

 

 

GRITOS DE SOCORRO

 



Após ter sido deixada na companhia da irmã e ser instruída a caminhar, por volta das 13h30, Janete acabou dando a luz em pé e o bebê caiu no chão da sala.

 

 



Devido aos gritos de socorro da paciente e das gestantes que aguardavam no mesmo ambiente, o médico e a enfermeira responsáveis pelos cuidados com a parturiente entraram na sala e pegaram o bebê, colocando a mãe sobre o leito, onde foi realizada a assepsia.

 

 

 

Ivonete afirma que durante todo o tempo que passou em companhia da sobrinha, ambas foram tratadas com descaso e que em dados momentos a equipe ria da situação da paciente afirmando que partos rápidos como ela imaginava que seria o dela, só ocorrem em novelas.

 

 

 

VERSÃO DO DIRETOR

 

 

Em contato por telefone com o diretor do Hospital Regional Wagner Wasczuk Borges, a reportagem foi informada de que realmente a parturiente deu a luz no chão da sala da obstetrícia, porém, a mesma havia acabado de ser examinada e instruído a caminhar para acelerar a dilatação.

 

 

Wagner negou que em algum momento a equipe médica agiu com deboche ao caso da paciente ou tenha dito que a mesma só daria a luz durante a noite.

 

 

Sobre as alegações da denunciante sobre a enfermeira Maria das Dores ter dito que partos rápidos só ocorrem em novelas, o diretor também negou, afirmando que um boletim de ocorrências será registrado e Ivonete Machado terá que provar tais acusações.

Fonte: Do ExtradeRondônia

ERIELTON VENTUROSO

Rolim de Moura - RO

Noticiário Geral

Neri P. Carneiro

Rolim de Moura - RO

Variedades

Acir Gurgacz

Porto Velho - RO

Política

Luiz Paulo - DESTACA

Rolim de Moura - RO

Geral

Fernando Garcia Lima

Rolim de Moura - RO

Folha da Mata

Delegacia especializada no atendimento à mulher tem nova delegada em Rolim de Moura

74 visualizações

Professora ameaça criança em creche: `Vou furar sua cabeça`

192 visualizações

Homem é esfaqueado e pede ajuda em frente a igreja na zona sul de Porto Velho

172 visualizações

VÍDEO: Bandidos arrombam parede de agência do Banco do Brasil de Nova Brasilândia e furtam armas

317 visualizações

Parto é realizado dentro da viatura do Corpo de Bombeiro no Bairro Cidade Alta em Rolim de Moura

240 visualizações

TRIBUNA TOP DO POVO - Aqui você é Top!

Todos direitos reservados - Maio/2013 - Rolim de Moura - RO

EXPEDIENTE: Diretor responsável: ERIELTON VENTUROSO PINHEIRO - DRT/RO 1409 - Fone: (69) 8415-5956

Jornalista Responsável: ERIELTON VENTUROSO PINHEIRO - DRT/RO 1409 - Fone: (69) 8415-5956

Arte Finalista e Designer: Criação e tratamento de Artes: Fábio Jaguar - Fone: 8501-9990

Fotógrafos: João Evangelista - Fone: 8408-7908 / José Colde - Fone: 8407-0915

Contato: (69) 3442-6961 / tribunatop@hotmail.com / erieltonventuroso@hotmail.com

WEBMAIL ADM