Brasil

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Taxa de desemprego atinge maior nível desde 2012

Desocupação atinge 8,1% da população ativa. Brasileiro ganha, em média, R$ 1.863 por mês

COMPARTILHE

 

 

O nível de desocupação no Brasil, que representa a taxa de desemprego no País, atingiu 8,1% no trimestre encerrado em maio, segundo a Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta quinta-feira (9).

 

 

O percentual indica uma escalada do desemprego iniciada em dezembro de 2014 e se trata do maior patamar desde março de 2012, quando o instituto começou a fazer a pesquisa.

 

 

A Pnad Contínua é feita com base em uma amostra de 211.344 domicílios particulares permanentes brasileiros distribuídos em cerca de 3.500 municípios de 20 regiões metropolitanas do País.

 

 

O número que ilustra a situação do emprego nos meses de março, abril e maio ficou acima dos 7% registrados no mesmo trimestre de 2014 e também ultrapassou a taxa do trimestre terminado em fevereiro de 2015 (7,4%).

 


No trimestre que terminou em maio, portanto considerando os meses de março, abril e maio, o Brasil tinha 8,2 milhões de pessoas desempregadas — bem acima dos 7,4 milhões no trimestre de dezembro a fevereiro de 2015. Nessa comparação, houve um salto de 10,2%, ou seja, 756 mil pessoas a mais entre os desocupados.

 

 

Na comparação entre o trimestre encerrado em maio de 2015 e o mesmo período de 2014, a situação é mais dramática. É 1,3 milhão a mais de pessoas desocupadas (alta de 18,4%).

 

 

Por outro lado, havia 92,1 milhões de pessoas ocupadas no País no trimestre encerrado em maio — praticamente o mesmo patamar registrado no mesmo trimestre de 2014.

 

 

Seu bolso

A pesquisa também apurou que o rendimento médio real do brasileiro (salário) ficou em R$ 1.863 — praticamente estável em relação ao mesmo trimestre do ano passado (R$ 1.870) e do trimestre dezembro-fevereiro de 2015 (R$ 1.877).

 

 

Quando se observam as variações de salários dos brasileiros, os funcionários do setor público tiveram um recuo de 2,2% nos rendimentos reais no trimestre terminado em maio na comparação com o trimestre encerrado em fevereiro de 2015. Os trabalhadores por conta própria tiveram redução real de 3,5% no mesmo período.

 

 

Em junho, a PME (Pesquisa Mensal do Emprego) do IBGE referente a maio acusou um nível de 6,7% no desemprego do Brasil — o maior nível em quase cinco anos ao piorar pelo quinto mês seguido. A PME, porém, é feita em seis regiões metropolitanas (Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre), contra 20 regiões metropolitanas da Pnad Contínua.

R7

ERIELTON VENTUROSO

Rolim de Moura - RO

Noticiário Geral

Neri P. Carneiro

Rolim de Moura - RO

Variedades

Acir Gurgacz

Porto Velho - RO

Política

Luiz Paulo - DESTACA

Rolim de Moura - RO

Geral

Fernando Garcia Lima

Rolim de Moura - RO

Folha da Mata

Professora mandava ‘nudes’ e exigia sexo para aumentar notas de alunos - VÍDEO

2773 visualizações

PORTO VELHO: Jacaré é flagrado ‘passeando’ no espaço alternativo

82 visualizações

Bebê nasce dentro de viatura do corpo de bombeiros - VEJA VÍDEO

267 visualizações

Vídeo de jovem fugindo de bandidos viraliza na internet veja

124 visualizações

Jacaré de 5 Metros é filmado nas Cachoeiras de Machadinho do Oeste do Oeste

129 visualizações

TRIBUNA TOP DO POVO - Aqui você é Top!

Todos direitos reservados - Maio/2013 - Rolim de Moura - RO

EXPEDIENTE: Diretor responsável: ERIELTON VENTUROSO PINHEIRO - DRT/RO 1409 - Fone: (69) 8415-5956

Jornalista Responsável: ERIELTON VENTUROSO PINHEIRO - DRT/RO 1409 - Fone: (69) 8415-5956

Arte Finalista e Designer: Criação e tratamento de Artes: Fábio Jaguar - Fone: 8501-9990

Fotógrafos: João Evangelista - Fone: 8408-7908 / José Colde - Fone: 8407-0915

Contato: (69) 3442-6961 / tribunatop@hotmail.com / erieltonventuroso@hotmail.com

WEBMAIL ADM